Perfil

Origem: África Ocidental e florestas tropicais do Gabão. Habita poças pouco profundas à margem de rios de pouca correnteza em que exista substrato de folhas.

Temperatura da água: 21 - 24° CFundulopanchax gardneri lafia

pH: 5.5 - 7.0(6.2)

dH 2-10 (4)

Tamanho Adulto: até 6 centímetros. Os machos são mais coloridos, com nadadeiras mais alongadas, e são um pouco maiores.

Características: Com o tempo, aproxima-se para receber comida. Excepcionalmente belo, colorido. Como todos os killies, salta. Pode ser o "primeiro killie" para quem estiver iniciando com eles. Trata-se de uma espécie de fácil manutenção. Exploram todo o aquário sem preferência por superfície, meio ou fundo. Gostam de aquários plantados, com rochas e raízes. Necessita de pouca luz direta. Pode ser mantido em aquários comunitários.

Aquário: tanques com 20 litros podem ser utilizados para um casal. Coloque troncos, raízes, musgo de java para que sirvam de esconderijo. A tampa deve ser bem ajustada, pois eles saltam. Aphyosemion lafia

 

Alimentação:Melhores resultados com alimentos vivos, mas aceita ração. Artêmia, tubifex, enquitréias, larva do besouro do amendoim, dafnia (pulga de água), drosophilas (mosca da fruta), bloodworms, alimentos congelados.

 

Reprodução: O Lafia é um peixe ovíparo de fácil reprodução, necessitando apenas de musgo de java ou bruxinha para desovar. Melhor se o pH estiver entre 6.2 e 6.8, dureza de 2 a 6 dH e temperatura no intervalo 23-25° C. Um macho para cada duas ou três fêmeas. Os ovos eclodem em 10 a 12 dias e os alevinos atingem a maturidade sexual em aproximadamente 6 meses. Nos primeiros dias se alimentam de infusórios e paramecium; nos demais aceitam microvermes, verme do vinagre, cistos de artêmia sem casca e para um crescimento rápido e saudável é recomendado o uso de náuplios de artêmia.