Introdução

Assim como acontece no mercado de rosas, há um permanente esforço internacional para criar novas variedades de guppy, trazidas ao mercado. Tais variedades diferenciam-se das anteriores pela padronagem de cores, pelo formato da cauda ou outro fator.

Variedade, portanto, é um novo tipo de guppy, com características próprias, que os diferem dos demais e, fixadas geneticamente, serão reproduzidas em seus descendentes.

Variedade Full Red

A padronização de uma variedade não é sempre absoluta. Os bons criadores irão informar não apenas as percentagens de indivíduos conformes esperáveis em cada ninhada, mas também quais os desvios verificados. Poderão, ainda, se tiverem prática, recomendar a frequência e tipo de cruzamentos com outras variedades, destinados a manter ou aprimorar a variedade. Valdu Carvalho, um dos expoentes nacionais em shows de guppies, preconiza mais de 90% de filhotes semelhantes aos pais como um parâmetros para afirmar que a variedade é fixada.

A variedade não corresponde a uma classe de julgamento. Pelo contrário, uma classe de julgamento pode reunir diversas variedades, desde que tenham a mesma cor ou padronagem ou formato.

Linhagem, por outro lado, é uma corrente genética pertencente a uma variedade, que possui características próprias, dentro das linhas gerais determinadas pela variedade.

Há duas dimensões fisiológicas de importância para os criadores. O fenótipo, que representa o aspecto físico de um exemplar, aquilo que pode ser visto, e o genótipo, o potencial reprodutivo dele, sua capacidade de imprimir suas características em seus descendentes.

Assim, podemos ter um guppy com o corpo totalmente azul metálico, característico da variedade Moscow, mas que seja fruto de um cruzamento de um exemplar desta espécie com uma fêmea de outra variedade. Seu fenótipo é Moscow, seu genótipo, quase que certamente, não mais será capaz de produzir filhotes Moscow puros. Podem nascer filhotes mais bonitos até, mas não mais terão uma variedade definida, não mais serão conformes, semelhantes. Pode até ser que na primeira geração os filhotes pareçam com o pai, mas nas gerações seguintes a diferença estará demonstrada no fenótipo.

Claro está que é assim, cruzando variedades distintas, que se produz novas variedades. Variedade MultiMas isso só acontece após sucessivas gerações, com combinações propositivas, até que o genótipo alcance outro ponto de equilíbrio, fixando os novos padrões. Nesse ínterim, os exemplares vão gerar filhos diferenciados, sem variedade definida.

Guppies de raça, portanto, são os que têm uma padronagem exclusiva, fixada, que podem transmitir a seus descendentes, com desvios previsíveis, possíveis de controlar. Controlar é a palavra adequada, pois que mesmo os guppies de raça, de uma variedade determinada, se forem postos a cruzar aleatoriamente, sem escolha dos exemplares que melhor representam a variedade a que pertençam, tendem para o "padrão" do guppy selvagem, perdendo todas as suas virtudes.

Características

Moscow Black, na verdade um azul tão escuro que é preto.As atuais variedades se distinguem, entre outras coisas, pelo formato da cauda. Nesse aspecto há grande diversidade, desde a delta, mais valorizada, até as véu, espada, lira, bolha, etc...

O corpo pode ser dourado (gold), cinza (grey) ou de outras tonalidades. Quase todas as variedades de cores sólidas também apresentam uma variante de corpo negro, os Half Black (meio preto). Assim, denomina-se Gold Red o guppy de corpo dourado e nadadeiras dorsal e caudal vermelhas e de HB Red aquele cujo corpo é escuro e as mencionadas nadadeiras são vermelhas. Vai por aí, os HB Yellow, com o corpo escuro e as nadadeiras amarelas, o Yellow, com o corpo cinza claro (original) e as nadadeiras amarelas. Há um sem número de combinações, algumas mais valorizadas, outras menos. Há também o Moscow, totalmente azul, verde ou púrpura metálicos, o Mikariff, com o corpo todo amarelo (embora com a caudal pequena), o Full Red, totalmente vermelho. Há variedades albinas. Há padronagens complexas, como as dos cobras [snakeskin] e dos multi. O termo AOC (any other color) é empregado para as variedades que não se classificam entre as tradicionais, tal como o Leopardo. Uma boa visão das variedades mais comuns pode ser obtida através das classes de julgamento das exposições.